mz.abravanelhall.net
Novas receitas

Uma amostra da primavera da África do Sul

Uma amostra da primavera da África do Sul


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Swartland, África do Sul

SRP $ 14,99

Os vinhos sul-africanos têm uma história fascinante; Os vinicultores holandeses exercem seu comércio lá desde meados do século XVII. Desde o fim do apartheid em 1994, no entanto, os vinicultores modernos, usando técnicas de viticultura muito aprimoradas, têm se concentrado em replantar e obter consistência de uma safra para a outra. Alguns obtiveram sucesso estelar; outros ainda estão errando radicalmente seu alvo. Não conheço outro país onde a qualidade seja tão dramaticamente polarizada, variando de excelente a ruim.

Stellenbosch e Paarl viram o crescimento mais impressionante e consistente em vinhos de qualidade, mas algumas outras regiões estão se tornando conhecidas. O vinicultor aclamado pela crítica de Swartland, Adi Badenhorst, está liderando o movimento em seu território e criou todo um estábulo de vinhos interessantes.

A Tesoura Rosé de Badenhorst 2014, com preço inferior a US $ 15, é um valor maravilhoso. Com o nome da tesoura usada para podar e colher, o vinho tem o estilo do Ródano francês, um belo rosa salmão no copo, com um nariz levemente floral e de frutas vermelhas. A mistura de 57 por cento cinsault, 27 por cento shiraz e 16 por cento grenache dá lugar a morangos, frutas vermelhas, um toque de especiarias e frutas cítricas no palato, com uma mistura refrescante e bem equilibrada de minerais e cítricos brilhantes no moderado Finalizar. Encorpado de leve a médio, este rosé é mais refrescante do que exuberante e se harmonizaria facilmente com uma variedade de alimentos, embora kebabs de cordeiro venham à mente. Eu vou apenas derramar um copo e sentar na minha varanda e tomar um gole.

Stellenbosch, África do Sul

SRP $ 11,99

Outra oferta com um preço ainda mais baixo vem da famosa região de Stellenbosch. De Morgenzon (holandês para “o sol da manhã”) é uma vinícola bem localizada, com uma altitude elevada e vistas espetaculares em todas as direções. Os proprietários são apaixonados por manter a integridade da ecologia de seus vinhedos e seu terroir único, e são dedicados à biodiversidade. A linha DMZ do vinhedo reflete seu compromisso em criar vinhos de qualidade a preços acessíveis.

O DMZ 2013 Cabernet Rosé é feito inteiramente com uvas 100% cabernet sauvignon. Um lindo rosa cor de damasco no copo, é levemente floral com alguma fruta no nariz e suculento com morangos e melancia com apenas um toque de especiarias atuais e leves no paladar. É surpreendentemente bem estruturado para um vinho econômico, com elementos minerais impressionantes e boa acidez no final.

Dando uma festa no jardim? Este pode ser o vinho de piquenique definitivo: bonito, muito bebível e muito acima de sua classe de preço.


Primavera da Europa: Na verdade, só chega ao final de setembro

/> por Alexis Haden

Hopefield, foto: Luke Daniel

Se você foi para a escola na África do Sul, provavelmente foi submetido a cantar & # 8220Dis Heerlike Lente & # 8221 no dia 1º de setembro de cada ano. Mas é mais um na lista de transgressões pelas coisas erradas que aprendemos na escola.

Enquanto o hemisfério sul tende a & # 8216celebrar & # 8217 a primavera em 1o de setembro, a temporada não começa realmente (de acordo com o calendário da natureza & # 8217) até o equinócio vernal.


Flores e grama verde e pássaros & mdashOh My!

Glicínias, forsítias, azáleas e botões vermelhos estão florescendo.

As árvores têm aquela nova e bela cor verde, e o céu é de um lindo tom de azul.

Um caleidoscópio de cores, cada uma tentando superar a outra. Qual vence? As túlipas, as flores de pêra Bartlett brancas, os narcisos amarelo-manteiga ou as azaléias fáceis de encontrar? Essa é a primavera do jogo nos traz & # x2014especialmente para o sul, onde o gelo sabe ficar longe !!

O cheiro de grama recém-cortada.

Iris florescendo e grelhados acendendo.

Narcisos florescendo em profusão onde antes existiam as propriedades.

Mulheres pegando o maior carrinho que podem encontrar na seção de jardins do Walmart, Lowe & aposs, Home Depot. . .

O som dos pássaros cantando para você enquanto se prepara para o trabalho pela manhã.

Totalmente estranhos cumprimentando você com, & quotIsn & apost (pronuncia-se & aposidn & apos) este é um bom dia?! & Quot


Sobremesas para fazer na primavera

A primavera finalmente chegou e o clima está ótimo para diversos tipos de sobremesas! Experimente fazer estes pastéis para apimentar o seu tempo em casa. Muitas pessoas ainda não saíram há muito tempo e esta é sua chance de fazer uso do tempo dentro. Você poderá passar algum tempo sozinho ou até mesmo fazer essas guloseimas especiais com sua família e amigos.

Além das receitas online, por que não tentar fazer as suas próprias? É muito tradicional, mas incrível, especialmente quando está frio lá fora. Pão de banana também pode ser feito com coisas ao redor da sua casa, então você não precisa ficar olhando. É fácil de fazer e incrível de comer.

Se você gosta de doces, este é o lanche certo para você. O cheiro e o sabor da canela são óptimos para o ajudar a relaxar. A doçura e o glacê de cream cheese são absolutamente a melhor parte. Depois de mordê-lo, você sente como se estivesse derretendo na boca, o que faz você querer mais.

Imagem via Ag Update

Uma torta de frutas será ótima quando você estiver tentando desfrutar de um dia lendo ou fazendo outras atividades. Tem o estalido da crosta e o sabor das deliciosas frutas que se incrustam na superfície. Será ótimo colocar sua mente à vontade, especialmente quando você precisar de uma pausa.

Você sempre pode saborear um cupcake a qualquer hora do dia. Existem muitas receitas online e você pode até usar as misturas da caixa. Você pode decorá-lo como quiser e, se não funcionar, você pode fazer pops para bolo como alternativa.

Os folhados de creme são super deliciosos. O equilíbrio da massa ao recheio cremoso é satisfatório. É úmido e você sempre pode brincar com os sabores! Depois, você pode adicionar outros recheios como caramelo ou chocolate.

Em um dia quente, palitos de picolé realmente seriam úteis. Existem muitos sabores para começar, mas a melhor maneira de ir são as frutas. Se você tem muitas frutas por perto, experimente fazer um picolé caseiro saudável. Isso ajudará a satisfazê-lo junto com outras pessoas com quem você vive!

Imagem via Down With Shifttology

Nada melhor do que fazer um bolo de cenoura caseiro. Embora alguns bolos de cenoura não tenham o sabor real da cenoura, ainda assim tem um gosto ótimo. A sutileza de tudo é o que o torna único. São muitas gotas de diferentes sabores que permitem um sabor maravilhoso. A umidade e o recheio são o segredo de um lindo e delicioso bolo de cenoura.

Rione está no segundo ano na South Lakes High School. Ela está atualmente no departamento de vida estudantil de jornalismo e gostaria.


A Taste of Spring From South Africa - Receitas

Última atualização: 8 de novembro , 2020

Formulações adicionadas recentemente com esta atualização

(Notifique se houver links quebrados!)

Minhas receitas estão em formato PDF da Adobe. A maioria dos navegadores da web oferece suporte a arquivos PDF.

O software Acrobat Reader pode ser baixado gratuitamente do site da Adobe Systems.

TERMOS DE USO: Todos os direitos reservados, incluindo a reprodução dessas receitas ou de quaisquer partes delas em qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico, mecânico, fotocópia, gravação sem permissão por escrito do autor. O material de e & quotlpoli.50webs.com & quot não pode ser copiado ou distribuído, ou republicado, carregado, postado ou transmitido de qualquer forma, sem o consentimento prévio por escrito da Sonoma Mountain Sausages. EXCETO: você pode imprimir cópias do material apenas para seu uso doméstico pessoal e não comercial, desde que você não exclua ou altere nenhum direito autoral, marca registrada ou outros avisos de propriedade. A modificação ou uso dos materiais para qualquer outro propósito viola os direitos de propriedade intelectual da Sonoma Mountain Sausages. Você não pode revender, descompilar, fazer engenharia reversa, desmontar ou de outra forma converter o conteúdo em uma forma perceptível por humanos. Ao usar as páginas desses sites e baixar receitas ou formulações, você concorda com estes termos e condições.

Para obter uma visão geral da Lei de direitos autorais, clique neste link: Lei de direitos autorais e uso justo

Todas as receitas são copyright com todos os direitos reservados.
Uma cópia pode ser baixada apenas para uso pessoal!

Boerewors: Uma salsicha sul-africana, pronunciada boor-ah-vorse , que em Afrikaans se traduz como Farmer Sausage .

Boerewors: revisão de Len

Boerewors: a receita sul-africana de Nigel enviada a mim por um leitor de um site.

Droewors: Uma linguiça seca da África do Sul aromatizada com coentro torrado.

Merguez: Uma salsicha de cordeiro norte-africana quente e picante. Também popular na França e Inglaterra.

Salsicha de Frango Marroquina: Feita com especiarias doces, mel, damascos e amêndoas. Cordeiro costuma substituir o frango.

Salsicha de Carne Marroquina: Uma salsicha de carne pura temperada com especiarias marroquinas (baharat).

Soojook: Uma linguiça de carne e cordeiro curada em estilo armênio.

Soujouk, preto: de uma receita de família armênia misturada com canela, pimenta preta e branca e alho

Soujouk, vermelho: De uma receita de família armênia misturada com páprica, cominho e vinho tinto.

SALSICHAS DE CARNE

All-Beef: Aqui está uma linguiça que você pode fazer se não comer ou gostar de carne de porco. Feito com carne in natura, não contém conservantes e deve ser consumido em poucos dias. Não se presta ao congelamento!

Linguiça Italiana de Carne e Alho: Uma saborosa salsicha bovina formulada por um leitor deste site. Já fiz várias vezes e gostei!

Salsicha para grelhados na carne: Salsichas com carne são notoriamente secas, mas a adição de proteína texturizada de soja e fosfatos de salsicha torna essas salsichas agradáveis ​​e úmidas.

Carne Kosher: Toda carne bovina, sem produtos de porco - as tripas são ovelhas ou bovinas.

Geralmente são elos de pequeno diâmetro, enfiados em tripas tenras de ovelhas e feitos principalmente de carne de porco. Às vezes, outras carnes, como frango, peru ou pato, substituem a carne de porco. (observação: essas receitas estão listadas em & quotSchiches de frango & quot. O tempero varia de acordo com a região ou o capricho do fabricante de salsichas. Algumas, você pode dizer, se enquadram na categoria de salsichas & quotdesigner & quot. Geralmente são fritas na frigideira e frequentemente servidas com ovos , panquecas e / ou waffles.

Apple-Sage: Uma linguiça de café da manhã que é ótima com panquecas Dutch .

Apple-Cranberry-Pecan: Um favorito das férias de outono no lado doce.

Links de mirtilo: sugerido por um leitor! Gosto interessante.

Links para o café da manhã: Linguiça fresca com alecrim.

Café da manhã irlandês: linguiça feita com cerveja e temperos.

Whisky irlandês: aromatizado com uma boa dose de whisky Irish Cream.

Salsicha Jalapeno: Os ingredientes foram selecionados para destacar o sabor do pimentão, não o calor!

Jimmy & quotDeen & quot: Um clone da linguiça comercial.

Bordo: maravilhoso complemento de sabores de porco e bordo.

Salva: Para quem gosta do sabor tradicional da salsicha, é isso.

Chili Sausage: Uma linguiça que contém Scotch Bonnet e Chipolte não é recomendada para pessoas com baixa tolerância a linguiça quente.

Chouriço Chili Verde: Esta salsicha é muito suave - não é uma receita mexicana, mas mais projetada para o gosto americano se você quiser dar um sabor mais Latino às suas receitas. Se quiser apimentá-lo, adicione um pouco de pimenta serrano ou pimenta jalapeú a gosto.

Linguiça de manjericão fresca: esta é uma linguiça de porco suave com ervas frescas. É estilo & quotrope & quot, mas você pode amarrá-la em elos

Chili Pepper Sausage: Se você é um fã de pimentas Scotch Bonnet, você pode gostar deste!

Linguiça de alho fresca: O nome já diz tudo! Se você gosta de alho, isso é para você.

Linguiça fresca e quente: apenas ligeiramente quente. cabe a você torná-lo mais quente!

Salsicha De Porco Jalapeño: para quem gosta de um pouco de calor na salsicha!

Ragin Cajun Sausage: Uma Salsicha de Jacaré e Javali

Frango Maçã: Carne de coxa de frango combinada com maçãs Fuji não contém carne de porco!

Manjericão de Frango: Carne da coxa de frango combinada com especiarias, alho e manjericão fresco.

Salsicha de frango no café da manhã - Tony's: Esta salsicha é uma que fiz durante as férias de primavera da escola. Eu acho que tem um gosto ótimo!

Frango Raisin Breakfast Sausage - Tiki's: Estamos ensinando-lhes a formulação de salsichas desde cedo!

Frango Jalapeño: uma linguiça de frango não recomendada para o paladar tímido.

Frango Amendoim: uma linguiça incomum de estilo asiático que contém amendoim, arroz e leite de coco.

Frango Abacaxi: Linguiça bem suave com abacaxi e um toque de gengibre.

Frango Passas, Maçãs e Nozes: Esta é uma saborosa linguiça de link formulada pela minha neta de 9 anos!

Frango, tomates secos ao sol: carne da coxa de frango combinada com tomates secos ao sol, manjericão e estragão

Estragão de Frango: Carne da coxa de frango combinada com estragão, alho e vinho

Pato: Uma linguiça de estilo americano que contém um pouco de carne de porco e especiarias & quotsweet & quot como gengibre, noz-moscada e macis.

Pato: outra linguiça de estilo americano que contém um pouco de carne de porco e alho, erva-doce e pimenta vermelha. Feito por alguns no norte da Califórnia que caçam a Bacia Hidrográfica da Ilha Grizzly.

Ganso: esta receita é para gansos selvagens, mas você pode substituir o pato ou o frango.

Linguiça de Carne de Veado Fresca: Uma linguiça de caça suave que contém um pouco de carne de porco para dar textura e geralmente é grelhada.

Linguiça de Veado Defumada: A fumado a frio linguiça de caça que deve ser cozida antes de comer.

Medisterpolse - Uma salsicha de estilo dinamarquês / americano semelhante às disponíveis na comunidade Solvang no sul da Califórnia.

Bangers: linguiça de estilo britânico. Comida de pub familiar. Frequentemente servido como um prato chamado & quotBangers and Mash & quot

Bangers: linguiça irlandesa. Uma ligeira variação nas especiarias do estilo britânico.

Chipolata English Sausage: Uma salsicha leve, do tamanho de um coquetel, popular na Grã-Bretanha.

C umberland: Do norte da Inglaterra .é baseado em uma receita tradicional e é conhecido localmente como salsicha Cumberland e não está ligada, mas é servida em uma roda e comprada em um açougue.

Lincolnshire: Esta salsicha é um clone da famosa salsicha de Lincolnshire.

Yorkshire: Esta salsicha é aromatizada com macis e noz-moscada.

Alsatian Sausage: Uma ótima receita do livro de Jane Grigson, The Art of Charcuterie .

Salsicha Country: Esta salsicha é uma reminiscência das salsichas encontradas na Bretanha.

Linguiça de alho: um tipo de salsicha comumente feita por fazendeiros, muitas vezes com um toque de vinho local adicionado à mistura.

Salsicha de Toulouse: Uma linguiça francesa suave que costuma chegar ao cassoulet.

A Alemanha orgulha-se de ser o lar de mais de 200 tipos diferentes de salsichas frescas, cozidas, defumadas e curadas a seco, bem como uma grande variedade de presunto e produtos semelhantes ao presunto. Três populares salsichas frescas de estilo alemão são Mettwurst, Teewurst e Bratwurst. Mettwurst e teewurst são & quotRohwursts & quot (& quotroh = salsicha crua = salsicha. Essas salsichas devem ser comidas cruas). Bratwurst termo geral em alemão para qualquer tipo de salsicha para fritar (braten = fritar salsicha = salsicha). Na América, as Bratwursts são geralmente formuladas pelos imigrantes étnicos que se estabeleceram em um determinado estado e trouxeram suas receitas caseiras para este país. Freqüentemente, os ingredientes do "mundo antigo" tinham de ser substituídos por aqueles encontrados em seus novos lares. Normalmente, uma linguiça cinza claro de grão fino feito de vitela e porco. Podem ser grelhados ao ar livre ou fritos na frigideira. Ótimo com mostarda doce da Baviera e salada de batata. Existem tantas variedades quanto fabricantes de salsichas!

BRATWURSTS - Salsichas de estilo alemão destinadas a grelhar.

ROHWURSTS - Linguiça de estilo alemão para comer crua.

Bauerwurst : Linguiça de fazenda de estilo alemão, crua e levemente defumada.

Mettwurst: Uma salsicha curada fresca que é comida crua, um método de cozimento opcional está incluído na receita.

Landjaeger : Esta é uma pequena salsicha seca fortemente defumada e caracteristicamente achatada. Como sua produção difere das diretrizes do USDA, deve-se usar carne de porco tratada (certificada). As instruções são referenciadas na receita.

Teewurst : Uma linguiça de estilo alemão que costuma ser servida na hora do chá, nada menos. Geralmente é espalhado em pão duro ou crocante.

Estilo Teewurst-Rugenwalder: Uma salsicha alemã para barrar com sabor de pimenta da Jamaica, cardamomo e gengibre.

Loukaniko - Uma salsicha grega fresca com um toque de vinho e laranja.

Queijo Loukaniko: Uma linguiça de cordeiro aromatizada com queijo feta e orégano.

Loukaniko-Cheese 2: Outra variação de uma linguiça fresca feita com queijo feta.

Loukaniko-Prasso (alho-poró): uma salsicha grega fresca com sabor de alho-poró.

Linguiça macedônia: uma linguiça fresca feita com ajvar (eye-var), um molho de pimenta doce e picante popular em todos os Bálcãs.

Gyula: um Kolbaz ao estilo húngaro, defumado a frio, aromatizado com cominho e cebola.

Uma coisa com a qual a maioria dos americanos não está familiarizada são as salsichas italianas. A maioria acha que eles vêm em apenas duas variedades, sabor picante e erva-doce. Nada poderia estar mais longe da verdade! Cada província da Itália tem sua própria mistura especial de linguiça fresca. Existem tantas variedades quanto fabricantes de salsichas! Centenas de discussões familiares ocorreram sobre quem é & quotthe melhor & quot. A lista abaixo obviamente não inclui tudo, mas são alguns dos meus favoritos. Espero que você experimente alguns!

Bandiera: Uma salsicha suave que lembra as cores da bandeira italiana. Contém tomate seco ao sol, mussarela e salsa italiana.

Bardiccio: uma linguiça artesanal feita com linguiça de vaca, porco e outros cortes é típica da região de Pontassevie 30 km a leste de Florença na Toscana

Barese: uma linguiça típica de algumas áreas ao redor da cidade de Bari, no sul da Itália, contém carne de porco, cordeiro e queijo de ovelha.

Beef and Garlic: Uma saborosa salsicha bovina formulada por um leitor deste site. Já fiz várias vezes e gostei!

Salsicha de repolho: Uma salsicha caseira popular na região de Piemonte, no norte da Itália.

Calabresa: linguiça seca ao ar, típica da região de Cosenza, no sul da Itália.

Calabresa: uma linguiça fresca da região de Bianco, no & quot; quotsole of the boot & quot, no sul da Itália

Cevapcici: Uma linguiça fresca ao estilo iugoslavo (popular no nordeste da Itália) feita com carne de boi, cordeiro e porco.

Cheese & amp Wine: Uma linguiça de porco com queijo parmesão e vinho que pode ser preparada como linguiça fresca ou cozida.

Cotechino: Uma rica linguiça italiana que é cozida e comida com repolho, lentilha ou feijão.

Cotechino verde: uma variação do cotechino que contém acelga fresca.

Alho e vinho: ( Salsiccia con Vino / Aglio ) - Seque ao ar pendurando a linguiça em uma sala fria ou adega e deixe secar durante a noite.

Greca: Uma salsicha italiana de estilo grego que é popular entre muitas pessoas no sul da Itália. Ele usa as especiarias gregas de orégano, erva-doce, limão e laranja para dar um sabor sutil à carne.

Salsicha com Ervas: uma salsicha saborosa com alho, alecrim, sálvia, manjerona, coentro e um toque de doce vinho Marsala.

Salsicha de Fazendeiro: Uma linguiça incomum com cebola, espinafre, porco e courato!

Fresco-seco: (salsiccia secca) Uma salsicha italiana seca e picante, usada muito como o chouriço seco espanhol ou português.

Luganeca: (variação de grafia) A enchido muito suave, típico da Emiglia, com preponderância de alecrim.

Luganega: (variação de grafia) Uma linguiça à italiana e muito suave, típica de Monza. É aromatizado com queijo e vinho. Tradicionalmente, é desvinculado, formado em uma longa bobina

Luganeca: (variação de grafia) Uma linguiça à italiana, típica da Piacenza, que é muito suave. Aromatizado com alecrim, alho, noz-moscada, vinho e queijo.

Suave: uma variação geralmente chamada de souriça italiana doce & quot.

Cogumelo: Estas salsichas suaves, que contêm pinhões, têm um sabor agradável e subtil a cogumelos no palato.

Estilo Napolitano: Uma salsicha fresca com aroma de pimenta vermelha.

Estilo de Batata (Grossetto): Uma salsicha fresca ao estilo do fazendeiro feita com batata e carne de porco e pode ser comida crua, grelhada ou cozida

Salamella di Lombardia: Uma linguiça fresca, aromatizada com canela, cravo e alho. Uma variação da & quotsweet italiana linguiça & quot (sem pimenta ou erva-doce).

Salamella di Mantua: São muito versáteis e muitas vezes consumidos como estão, também podem ser usados ​​com polenta, macarrão, fritos com vegetais de folhas ou apenas grelhados.

Salamella di Pastori: (salsicha de pastor) Uma antiga e tradicional linguiça Abruzzi feita por pastores que se mudavam de rebanhos para novas pastagens.

Salsiccia di Acri Essas salsichas da Calábria são secas ao ar e geralmente armazenadas em óleo ou banha.

Estilo da Sardenha: uma linguiça quente fresca e / ou seca da Ilha da Sardenha

Estilo Siciliano: Uma linguiça fresca aromatizada com alho e sementes de erva-doce.

Para barrar: Essas salsichas devem ser comidas cruas, espalhadas em pão italiano torrado e crocante e costumam ser servidas como lanche (spuntino) com vinho e queijo ou parte de um antepasto.

Estilo Tu scan : Uma salsicha feita ao estilo das salsichas nos arredores de Lucca, Itália. Costumam ser comidos frescos, mas na verdade contêm cura de nitrato, pois costumam ser secos na Itália.

Kafta: Kafta libanesa tradicional transformada em uma salsicha portátil e aromatizada com cebola, pimenta da Jamaica (ou 7 especiarias árabes)

Frango-Qatar: Uma linguiça picante à base de frango e 13 especiarias do Oriente Médio.

Salsicha de Espetinho de Cordeiro: um espetinho de cordeiro com especiarias, mas colocado em uma casca em vez do espeto tradicional

Cordeiro-Qatar: Uma linguiça picante à base de cordeiro, cebola, arroz e onze especiarias!

Makanek: Uma salsicha libanesa popular com toques de cominho.

Salsicha Shawarma: O shawarma libanês tradicional transformado em uma salsicha portátil.

Linguiça de batata norueguesa: (Norsk Potetp lse) É levemente picante, com um toque de pimenta da Jamaica e um bom grão de cereal e leite usados.

Kielbasa: (Estilo Americano) Uma receita de linguiça polonesa / americana fresca. Cozinhe em água ou caldo e grelhe.

SALSICHA DE AVES E JOGOS

Tony's Chicken Breakfast Sausage: Esta salsicha é uma que eu fiz durante as férias de primavera da escola. Eu acho que tem um gosto ótimo!

Frango-Qatar: Uma linguiça picante à base de frango e 13 especiarias do Oriente Médio.

Salsicha de Pato: Salsicha à americana feita com alho, gengibre, noz-moscada e macis. Pode ser fumado se desejar.

Salsicha de Pato: Salsicha ao estilo europeu à base de damascos e pinhões. conhaque e estragão. Pode ser fumado, se desejar.

Duck Sausage: Chamada Grizzly Island (para a área de caça na Califórnia). Esta linguiça é levemente aromatizada com erva-doce, cravo, alho e pimenta, com a adição doce de cranberries.

Kupaty: um anel de salsicha georgiano que é seco ao ar por vários dias, depois cozido e comido

Muitos culturas e sociedades que foram influenciadas por imigrantes espanhóis e portugueses que desenvolveram suas próprias versões especializadas dos chorizos e longanisas originais espanhóis. Essas variações são baseadas em ingredientes locais e gostos específicos, alguns contêm pimentas suaves. outros pimentas picantes e alguns sem pimenta alguma. Eu sugiro que você experimente e expanda seus gostos!

Linguicia De Lombo: Uma linguiça de porco fresca brasileira que usa a carne de lombo de porco como base para a linguiça.

Linguicia Pura de Puerco: Outra linguiça brasileira de porco fresca, esta feita com carne de presunto e temperada com rum temperado

Longanisa Fresca: Uma linguiça de porco fresca, estilo mexicano, temperada com vinagre de vinho.

Longaniza - Espanhola: É uma linguiça fresca típica da região de Aragón.

Longaniza Chilena: Linguiça de porco fresca com sabor a vinho e alho.

Salsicha Rústica: Esta salsicha country vem do Brasil e foi enviada por um leitor. Linguiça muito suave e saborosa, prefere grelhada.

Argentino: um chouriço seco que não contém pimenta malagueta

All-Beef: Este é um chouriço totalmente bovino usado para dar sabor a tacos, enchiladas, pimentões, etc. Tem sabor suave, não muitas pimentas.

Chouriço Basco: Esta é uma salsicha semi-curada picante da cidade de Bilbao, no norte do mar da Biscaia, Espanha.

Estilo crioulo ou Chaurice: linguiça quente ao estilo da Louisiana. A versão crioula do chouriço

Estilo cubano: este chouriço é um grande contraste com a versão mexicana, pois não contém pimenta, mas é embalado com coentro fresco.

Chouriço Verde: Uma especialidade de Toluca, México Central. Esta salsicha é bastante diferente do chouriço & quotredito & quot.

Estilo Goês: O enchido de porco indiano com influência portuguesa pode ser preparado fresco ou seco ao ar.

All-beef mexicano: Chorizo ​​de Res. Uma salsicha só de carne, ótima para tacos, tostadas, enchiladas, etc.

Estilo Michoacan: um chouriço de estilo mexicano semelhante aos do estado de Michoac n. Eles são aromatizados com pimenta e cominho.

Estilo português: Os portugueses usam o vinho tinto para dar ao chouriço uma cor mais escura e um sabor mais intenso. Três versões são fornecidas.

Sangre de Cristo: um CHORIZO no estilo do sudoeste dos EUA que é bastante quente, mas pode ser muito mais quente com o aumento da quantidade de pimenta habanera.

Estilo Sonora: linguiça mexicana bastante leve. sem pimenta. que pode ser usado em muitas receitas mexicanas que pedem chouriço.

Estilo espanhol: Esta é uma linguiça com preferência pelo xerez, levemente defumada, que é bem diferente do chouriço mexicano.

Seco espanhol: uma linguiça muito suave, seca ao ar com pimentão vermelho doce torrado.

Este tipo de salsicha é cozinhado parcial ou totalmente. Essas salsichas geralmente contêm nitrito de sódio como agente de cura (necessário para fumar a frio!) e pode ser cozido usando uma variedade de métodos que podem incluir cozimento no forno, cozimento em fumeiro, cozimento a vapor ou escaldagem. Além de cozinhar, esses produtos costumam ser defumados para dar um sabor adicional. Geralmente, essas salsichas são reaquecidas antes de serem consumidas, exceto no caso da salsicha curada semi-seca ou da chamada salsicha de verão, que, além da cura adicionada, passa por uma etapa de cozimento parcial e / ou defumação e secagem ao ar. . Geralmente, eles devem ser mantidos sob refrigeração após o processamento.

Todas as receitas são copyright com todos os direitos reservados.
Uma cópia pode ser baixada apenas para uso pessoal!

Andouille: Muito quente para alguns outros, sem dúvida adicionará mais pimenta e alho!

Andouille: Uma salsicha estilo Cajun, fortemente defumada, & quotchunky & quot usada em gumbo, etc.

Beef Stick, Smoked: linguiça 100% bovina ao estilo americano, com forte fumaça.

Boudin-Shellfish: Uma variação do boudin americano feito com camarão, lagosta ou ambos.

Salsicha de Coquetel: Uma pequena linguiça de coquetel que pode ser servida com seu molho de churrasco favorito.

Salsicha de Pato: linguiça à americana feita com pato selvagem, alho, gengibre, noz-moscada e maça. Pode ser feito em estilo fresco, se desejado.

Frankfurters: Cachorros-quentes saborosos - nada parecido com aqueles cachorros embalados disponíveis na caixa da super delicatessen!

Alho Franks: Uma salsicha rechonchuda ao estilo de salsicha com alho!

Hot Dog-Cheesy Franks: Uma receita de cachorro-quente com pedaços de queijo cheddar derretido.

Cachorro-quente sem pele: salsichas saborosas - a favorita dos filhos de Rudy

Hot Dog-Swiss: uma versão sem nitrito de Swiss & quotWeisswurst & quot

Hot Links, California: Não tão picante quanto as outras receitas e tem um toque de vinagre e pimenta.

Hot Links, Five-Alarm do Bubba: Se você gosta de seus links quentes e esfumaçados, experimente estes.

Hot Links, Len's Super Hots: estes & quothots & quot contêm cerca de 4,5% de habanera quente e pimenta jalape o

Links quentes, Red Devil: Estes são ligeiramente fumados e de temperatura média!

Hot Links, Red Hots: mais uma versão dos hot links!

Linguiça Havaiana: Uma variação da ilha de uma linguiça portuguesa.

Kielbasa: uma salsicha polonesa-americana de Michigan

Pepperoni: Experimente na sua próxima pizza!

Batata: uma salsicha de batata popular de Michigan

Ring Bologna: Esta salsicha tem um carácter mais europeu e é uma salsicha de emulsão com uma textura agradável e um sabor subtil.

Ring Bologna: uma receita especial de Lykens Valley Pennsylvania contendo coentro, alho e pimenta preta

Sucata: Uma sucata ao estilo Lykens Valley PA com trigo sarraceno e farinha de milho torrada.

Linguiça Defumada: Linguiça com sabor de alho e cebola feita com carne bovina e suína, simplesmente temperada.

Linguiça Defumada: linguiça defumada de estilo country com um toque de pimenta.

Salsicha Defumada: Esta salsicha de estilo holandês da Pensilvânia é simplesmente temperada.

Salsicha Defumada: estilo Tennessee com um pouco de Jack Daniels

Linguiça Defumada: Uma linguiça de bom sabor com mistura especial de especiarias do Tony.

Salsicha de Peru: Uma mistura de temperos saborosos, cranberries e peru - defumada levemente. Ótimo em torno do Dia de Ação de Graças.

Veado-Kielbasa: Uma salsicha do tipo kielbasa que pode ser feita com veado, alce, etc.

Venison Summer Sausage: Uma linguiça de verão do tipo Thuringer que tem um tart & quottang & quot distinto.

Salsicha de Viena: Salsichas de coquetel pequenas, não fumadas, muito parecidas com o sabor do cachorro-quente.

Kransky - Uma linguiça defumada (com ou sem queijo) que está se tornando rapidamente popular na Austrália

Jamaican Jerk Sausage: Não experimente esta linguiça se você não tolera calor! É pesado em pimentas Scotch Bonnet e pimenta da Jamaica.

Longanisa (cubana): Uma linguiça de porco ao estilo cubano temperada com pimenta havana muito quente.

Frikandellen: Essas salsichas não têm pele e, após o cozimento preliminar, geralmente são servidas fritas, em um pão, com um Especial molho e batatas fritas.

Longaniza Yucatan: Uma linguiça defumada com pimenta malagueta e cebola.

Forest Mushroom Sausage: Uma salsicha chinesa saborosa feita com cogumelos pretos e vinho de arroz que pode ser servido em pratos cozidos no vapor ou salteados.

Lop Chong: Uma linguiça chinesa, aromatizada com anis estrelado. Esta salsicha não é fumada.

Lop Chong Char Siu: Uma linguiça chinesa, contendo carne de porco grelhada vermelha ao estilo chinês e não defumada.

SALSICHAS COZINHADAS TIPO EUROPEU

Boudin Blanc: Feito com carne de porco e frango, com adição de natas e especiarias francesas.

Cervelas: Uma linguiça fervente emulsificada & quotwhite & quot com pistache de origem francesa

Cervelat Sausage: Um de um tipo de linguiça de verão semi-seca, fermentada e cozida na Europa. A maioria dos países produz sua própria formulação exclusiva que pode incluir gengibre, cardamomo, coentro, noz-moscada, etc.

Salsicha de Pato: Salsicha Europeia (Francesa) feita com carne de pato selvagem, damascos, pinhões. conhaque e estragão. Pode ser feito em estilo fresco, se desejado.

Salsicha de alho parisiense: Se você adora alho, este é para você!

Pudim branco, versão escocesa: uma linguiça muito suave geralmente consumida no café da manhã que contém carne de porco, grãos cozidos (aveia ou cevada em corte) e especiarias.

Bierwurst: salsicha bávara, geralmente fatiada e comida fria como carne de almoço. Tem um forte sabor de alho, mas na verdade não contém cerveja.

Bockwurst: Uma salsicha picante feita principalmente com carne de porco e cebola e enriquecida com um creme forte . Acompanha maravilhosamente cerveja Bock fria!

Currywurst: Um frank aromatizado com curry, uma especialidade de Berlim, servido com molho de curry e batatas fritas.

K a sewurst: Uma linguiça suíça com pedaços de queijo Eumenthaler.

Knackwurst: Uma linguiça com sabor forte de alho e textura de cachorro-quente. Levemente fumado.

Knoblauchwurst: Salsicha estilo cachorro-quente com alho e carne só com alho. não fumado, mas muito forte no alho.

Krautswurst: uma especialidade do Steigerwald, no estado da Franconia, no sul da Alemanha.

Liverwurst: Uma linguiça de fígado defumada do tipo Braunschweiger.

Liverwurst: Uma salsicha alemã para barrar com várias opções na fórmula.

Mettwurst: A cooked version of this sausage. The formulation is one of many versions. The German word "Mett" refers to ground pork, so a literal translation would be "pork sausage".

German Summer Sausage : a farmer s style summer sausage that makes great sandwiches.

Thuringer : A smoked beef stick style German summer sausage.

Weisswurst : A delicate sausage made of veal and pork, often served steamed. Some people refer to them as white hot dogs .

Loukaniko : A smoked version of the popular Greek sausage flavored with orange.

Kolbasz: A Hungarian "kielbasa" flavored with wine, garlic, allspice and paprika and heavily smoked.

Biroldo or Italian style back pudding also called Sanguinaccio A blood sausage popular in Tuscany and becoming increasingly rare in the USA's commercial sausage production. This version is "sweet" with raisens and pine nuts.

Cheese & Wine: A pork sausage with parmesan cheese and wine that can be prepared either as fresh or cooked sausage.

Cotto Salami : (also called Cooked Salami) This is a cooked, mildly flavored Italian style salami with a characteristic flavor made of coarsely chopped pork and beef pork trimmings, flavored with winter savory and garlic and stuffed into large diameter casings.

Cotto Salami: A style of cooked salami more suited to American tastes.

Cotto Salami d'Asti - A version of cooked salami that is popular in Asti, near Turin

Potato Sausage: Italian version of potato sausage, from Grossetto. Can be eaten raw, boiled, or grilled!

Roasted Garlic Sausage - salsiccia agliata : a savory grilling sausage with chunks of sweet roasted garlic imbedded in the sausage. There are 4 variations of this yummy sausage!

What is said of Italian sausage also holds true for Polish sausage: There are as many formulation as there are Polish or Polish-American sausage makers! The word "kielbasa" simply means "sausage" in Polish.

Polish Sausage : American-Polish Style Lightly smoked, delicately spiced, subtle flavor and a good griller!

Polish Sausage : Babb a s - An old world spicing combined with ingredients from new world food technology.

Kabanosy: Heavily smoked, long dry sticks of Polish sausage.

Mysliwska: A true Polish sausage recipe sent from a reader in Poland.

Slaska: A Silesian sausage that is both smoked and boiled.

Serdelki - A short, plump, smoked and boiled sausage similar in taste to our "hot dog"

Wedzona: A smoked Polish sausage from a reader in Poland.

Linguica (Portuguese) : A smoked sausage in the Portuguese style. Some red pepper, but definitely not a hot sausage.

Longaniza (Spanish): A long, coarsely ground, Spanish sausage flavored with smoked, hot paprika.

Butifarra : There are many Spanish versions of this sausage ( crudo, blanco, negro, cocinado, etc. ). This version is often prepared with white beans, onions and Spanish pancetta .

RUSSIAN

Russian Sausage -1- One of many types of Russian sausages. This one flavored with onion, dill and caraway

Ukrainian: A style of sausage that has large chunks of beef mixed with ground pork and spiced with bay.

Odessa Sausage: A smoked kielbasa from the Ukraine that his very heavy on garlic.

Potato Sausage: If you re fond of Swedish meatballs, you ll like these sausages.

Medvurst: This sausage is also known as G teborg Summer Sausage heavily spiced with cardamom.

Filipino Smoked Sausage: A Filipino variation of the Spanish longanisa Recipe from a Filipino government publication.

Red Sausage: A short, fat, spicy sausage. Filipino sausage makers dye this sausage red and therefore it is sometimes called red sausage" sometimes its also sold as "Filipino Longaniza .

Smoked longganisa: Another variant of longanisa made in the Philippines

Oyster Sausage: Not a 100% oyster flesh sausage, but oyster and pork blended with fine herbs, rice and cream.

Seafood Sausage : A versatile, delicate shellfish sausage.

Sturgeon Sausage: Sausage made sturgeon is popular with some fishermen in northeast Italy. Sturgeon is called storione in Italian, hence the sausage is called salsiccia storione.

Serbian Sremska Sausage: Sremska sausage is one of the better known sausages of Serbia ( the former Yugoslavia)

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!

Luncheon Meats or Luncheon Sausages are a catch-all category for those cured and cooked meats that are generally a large diameter, such as bologna and cotto salami. These products are really a category of cooked sausage. its just that their large diameter makes them conducive to laying onto sliced bread to make a sandwich!

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!

LUNCHEON MEATS: SMOKEHOUSE COOKED OR OVEN-COOKED SEM SMOKE

Bologna: Tasty beef and pork luncheon meat that the kids will like.

Ham Roll - Spiced: An example of a luncheon meat with cubes of meat held together by the enzyme transglutaminase - "meat glue"

Krakauerwurst: A German version of the Polish Krakauer

Mortadella: This is sausage fully cooked. This more typical of the American-style of Mortadella and contains whole pistachio nuts and black peppercorns.

Mortadella di Bologna : A different formulation. This style of salami called Mortadella di Bologna and is closer to Italian tastes than the one above.

Mortadella di Prato: A Tuscan mortadella made with Alkermes, which gives the meat a reddish color.

Olive Loaf: An old American standby made with stuffed green olives

Peppered Butt : If you can t wait for your coppa to dry cure, try this easily prepared, cooked peppered butt. Its called capocollo cotto in Italian.

Porchetta : a boneless pork shoulder of Italian origin formed into a lunchmeat roll

Prosciutto Cotto : an Italian Style Boiled Ham similar to American boiled ham but with "Italian spices"

Scrapple: A Lykens Valley PA style scrapple with buckwheat and toasted corn flour.

LUNCHEON MEATS: S MOKEHOUSE COOKED WITH SMOKE

Beef Stick: A beef summer sausage similar to that sold by "Hickory Farms"

Bologna Country Style: An all beef, densely smoked sausage similar to those found in Lebanon County.

Bologna---Sweet Lebanon style: Bill and I worked on this a long time to get it perfect. I think you'll like the results.

Bierwurst: A Bavarian sausage flavored with rum and juniper.

Bauernwurst: A German farmer summer sausage.

Cervelat: A continental-style summer sausage with juniper, garlic and mustard seed.

Summer Sausage: American Style. Another name for "Beef Stick" (as above)

Summer Sausage: German Farmer style.

Thuringer: A German summer sausage with ginger, nutmeg and mustard seed.

Turkey Breast: A tasty, easy to make luncheon meat made with turkey breast---you can substitute chicken or duck!

Blut-Zungenwurst: A German style blood and tongue sausage.

Cotto Salami : (also called Cooked Salami) This is a cooked, mildly flavored Italian style salami with a characteristic flavor made of coarsely chopped pork and beef pork trimmings, flavored with winter savory and garlic and stuffed into large diameter casings.

Cotto Salami: A style of cooked salami more suited to American tastes.

Cotto Salami d'Asti - A version of cooked salami that is popular in Asti, near Turin

Galantina : An Italian style-chopped ham luncheon meat.

Gelbwurst : A variation on German bologna, which is nitrite/nitrate free and has less than 1% salt.

Ham Roll: A great tasting, bologna-type luncheon meat made with cooked ham.

Headcheese : A spicy concoction of cured pork meats and rind, which is then cooked and molded into a loaf. Use as a luncheon meat. See also Soppressata.

Headcheese: Pennsylvania-German style from a family recipe (often referred to as S lze)--no nitrates or nitrites!

Honey Loaf : Very mild, sweet sandwich meat. tasty on rye with a splash of brown mustard

Jagdwurst : A pure pork roll with chunks of cured ham disbursed throughout a baloney-like emulsion.

Leberkaese: Bavarian Style meat-loaf/lunchmeat. It is often eaten sliced thick, fried with a fried egg on top Also, at lunch, as a sliced meat on a roll with thinly sliced pickle, brown mustard and a side of hot German potato salad or sauerkraut.

Pork Roll-New Jersey: A clone of Taylor's Pork Roll

Pressed Ham Loaf : Make this if you want to try your hand at using a pressure mold. I got mine at an eBay Auction.

Soppressata, Tuscan Style : ( Northern Italian headcheese ) A mixture of cured pork ham, pork tongue and rind, (spiced in an Italian mode) which is then cooked and stuffed into a roll-shaped luncheon meat sometimes referred to as Testa in Casetta or Soppressata Toscana .

Tongue Loaf: Pennsylvania-German style from a family recipe that does not contain nitrates or nitrites!

Turkey-Pastrami Roll: A "pastrami" spiced turkey luncheon meat. Gostoso!

Turkey Roll : Both light and dark turkey meat cured and spiced pink peppercorns and capers.

Zampone: (tsam-POH-neh) An Italian lunchmeat, based on the formulation for cotechino.

Pork Luncheon Meat : A large diameter (4 inch) smoked, chopped pork sausage that s great for sandwiches.

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!

Dry-cured sausages are not cooked, but meant to be eaten raw. This sausage type contains a combination of nitrite and nitrate curing salts to control spoilage bacteria. These products are generally dried using a combination of salt and controlled temperature and humidity to reduce the moisture level in the meat below the levels that can cause the growth of spoilage micro-organisms. All commercial dry-cured products are now inoculated with a starter culture of bacteria known to produce lactic acid, which raises the acidity of the sausage and discourages other micro-organisms from growing. Dry-cured products can be kept in the cool temperatures of a cellar or larder and do not generally need refrigeration. Like cooked sausages, these products may be flavored using a smoking process.

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!

Bacon, Honey-cured : This formulation forms a slightly smoky-sweet bacon. It is suggested that you cook this bacon slowly, over medium-low heat, to prevent burning the sugars and darkening the bacon strips!

Bacon - Chinese style: Chinese bacon is not used as a breakfast meat but rather a flavoring agent in many vegetable and noodle stir-fry dishes and soups.

Bacon - Buckboard: This bacon is cured from the pork shoulder and is neither as fatty as slab bacon nor as lean as Canadian bacon. but is sure is good!

Bacon - Jowl: A nicely flavored smoked bacon made from pork jowls very popular in the Southern States of America.

Bacon - Canadian (see: brined products) This is a recipe for a U.S. product that is a brine cured pork loin which is smoked before eating. It is not the true Canadian pea meal bacon produced in Canada. Pea meal bacon is pork loin which has been cured, but not smoked, then coated with yellow corn meal.

Guanciale: A bacon-like product (not smoked) popular in central Italy. Use like pancetta.

Pancetta - Italian bacon, rolled into a "log" shape In the south of Italy, often doused with red, hot pepper on the outer surface and in the north, with wild fennel seeds.

Tasso: A Cajun-style smoked pork used as a flavoring in jambalaya, etc.

DRIED MEATS: MADE FROM LARGE, SOLID PIECES OF MUSCLE MEAT

Basterma : An Armenian dried beef (sometimes called Pasterma). Characteristic of a number of dried meats from Turkey, Syria and Lebanon.

Basterma: A shared recipe from an Armenian family living in Australia.

Bresaola : (pronounced breh-ZOHL-ah) is air-dried beef loin or sirloin that comes from Northern Italy and used much the same way as prosciutto.

Carne Salada : A cured beef that is a specialty of Northern Italy. It is very versatile in that it can be consumed raw, cooked or smoked.

Carne Salata : This type of "prosciutto" is made from pork "cushion" meat.

Coppa: (Dry Cured) An Italian-style cut from the pork shoulder that is dried for approx. 35 days. It is eaten like prosciutto.

Coppa: (Wet Cured) This is the same cut as above: cut from the pork shoulder but wet cured befor drying.

Dried Beef: An easy to make home recipe! Try this for your next plate of creamed beef!

Dried Beef - Len's : My favorite!

Jerky: Dried and smoked strips of meat You can use Beef, Venison Elk, etc.

Jerkey-chewy: A great recipe provided by a reader that produces a very nice "mouthfeel"

Lardo: A salt and herb cured specialty of Tuscany mad with pork fat.

Lendenspeck: A cured pork loin wrapped in cured bacon, then heavily smoked,

Lonzino - P ork Loin : Similar in taste to prosciutto, but much leaner and quicker to make.

Pancetta : This is an Italian meat prepared from the same cut as American bacon. however it is generally not smoked. It is cured and dried for at least 20 days and can be eaten sliced thin as a cold cut or cooked in a number of recipes.

Prosciutto (American Style): a cured and dried leg (ham) of pork, aged over thirty days. It is sliced paper thin and eaten as a cold cut. It can also be made from "picnic ham". This recipe is from commercial American production. Parma Style will be published in spring 2006.

Prosciutto Crudo (Parma Style) : Italian style cured ham with no nitrates. cured only with salt for a period of at least 16 months!

Prosciutto-Lamb: An Unusual prosciutto recipe submitted by one of the web site's reader.

SALAMI AND SALAMI-LIKE PRODUCTS FROM VARIOUS COUNTRIES:

Catalonian Fuet : A salami-like cured sausage originating in the Pyrenees mountain towns of Spain

Kindziuk: A dry-cured Lithuanian sausage, probably of Tarter origin.

Kulen: A Slovenian style salami that contains paprika and is smoked.

Loukaniko-Bulgarian: A Balkan interpretation of the Greek sausage.

Moskovskaya: A Russian "salami" characteristic of Odessa in the Ukraine

Noisette: A French salami flavored with hazelnuts and wine.

Pepperoni : With this recipe you can make an old world style dry cured pepperoni.

Plockwurst: A German-style smoked, then dry-cured "salami"

P olish style "salami": A small Polish-type sausage similar to Italian salamini made in the USA.

Rossette: A French salami flavored with garlic and Quatre- spices

Salchich n : A cold smoked , Spanish style dry-cured sausage that is sherry flavored .

Sobresada: A Spanish sausage that is softer and more pate-like than the Italian soppressata.

Szalami : This is a Hungarian salami in the style from the city of Csaba.

Salami - Artigiani : An artisan-style of fine grained salami with whole peppercorns similar to those produced in northeastern Italy.

Salami-Bastardo: The unusual Italian name for this salami does not refer to illegitimacy, but instead it refers to the fact the salami is a hybrid it breaks from tradition by using beef in addition to pork!

Salami - Calabrese Style : A small diameter salami laden with a lot of hot red pepper.

Salami-Cascina: Farmhouse style salami--First place winner of the Salumi Contest of the Festa Italiana in Seattle, Washington

Salami - Ciauscolo: A smoked, soft and dry-cured salami style from central Italy. Often spread on country bread when young.

Salami - Coglioni di mulo: This is a salami from the Abruzzo region of Italy and is loosely translated as "Mule's Balls" or more politely "Mule's Testicles"

Salami - Coppata : A style typical of the Veneto region of northeast Italy. It consists of a coppa surrounded by salami, then dry cured. It is also know as Salami Veneziana .

Salami - Crespone: A softer salami, specialty of the Verona region of Italy, made with "sweet" spices like cinnamon and clove.

Salami d'Oca: A salami made from goose. Popular with the Italian-Jewish population when made without both pork casings and cheese.

Salami - Elk: A dry-cured salami made in the Italian tradition out of elk and pork.

Salami - Felino: A very mild tasting salami flavored by only garlic and black pepper.

Salami - F inocchiona : An Italian salami in the style of those made in the Chianti region of Tuscany.

Salami - Game Bird: Salamini del'Uccelli -A "hunter's" style salami made with combinations of wild geese, ducks and doves

Salami - Ginger : A German-American version of a dry-cured sausage Pennsylvania-style

Salami - American Semi-dry Genoa Style: This formulation is what most Americans are familiar with eating. If you are looking for the Italian version (Salame Sant Oclese) check my alphabetic list.

Salami - Genoa Style : A large diameter, pure pork dry cured salami, lightly spiced so as not to mask any of the sweet pork flavor.

Salami - German American Style: A smoked salami in the tradition of German immigrants to America.

Salami - Hot: A dry cured salami spiced with hot red peppers and Marsala wine.

Salami - Hungarian style - Salame Ungherese : After lightly smoking, this paprika flavored salami (characteristic of northern Italy) is dry cured.

Salami - Cacciatore (H unter Style) or Salamini : A small, dry salami so-called because they were small enough to stuff in the hunter s pocket for lunch during a day in the field. Italians call this salami cacciatore.

Salami - Kaminwurz: "Fireplace Sausage --smoked salami from the Val Badia in the southern Tyrol.

Salami - Len Poli's Favorite: This is my personal formulation that I enjoy when I want a typical Italian-American salami

Salami - Luccese: A dry salami typical of the Lucca region of Tuscany.

Salami - Milano Style : This salami is similar to the common type of Italian salami available in the delicatessens of the San Francisco Bay Area. It is characterized by finely ground meat and fat and the addition of cracked black pepper.

Salami - Nduja: A salami variation of Calabria, loosely based on the French Andouille introduced in the 18th Century by the Bourbons.

Salami - San Francisco: Very similar to the Milano type Typical salami made by the Italian people of North Beach.

Salami - Sant'Olcese: "Genoa Salami" - This is quite different from what Americans know as Genoa salami this one is lightly smoked and has large cubs of fat!

Salami - Soppressata : Calabria Style. This salumi is from southern Italy and is popular with Italian-Americans, especially those who live on the East coast of the U.S.

Salami - Soppressata -Goose: An Interesting variation on a goose salami--this uses pork fat you can substitute poultry fat for a kosher-style product.

Salami - Soppressata: Roman Style. A lot of confusion surrounds this type because spelling variants and the fact that it can describe a different sausage in different regions of Italy. This particular salami, which is called Spianata, is characterized by a higher fat content and its flattened shape.

Salami - Soppressa: A salami characteristic of the Friuli region that capitalized on the Venetian spice trade.

Salami - Soppressa: Another variation of Venetian sopressa.

Salami - Toscano Style : This salami is characterized by the large pieces of diced fat dispersed throughout the meat. however, the fat content is the same as regular salami.

Salami - Turkey : Can t mix meat and dairy? Like salami? Try this one!

Salami - Venison : A dry-cured salami made in the Italian tradition out of deer meat and pork. Any game, like elk or antelope, may be used in place of the venison.

Salami - Ventricina d'Abbruzzo: A salame with larger pieces of meat than most salami flavored with hot pepper and rosemary.

Slimmie Jimmie: Italian Style Slim Jims.

Snack Sticks: Also called "Slim Jims" like those available at supermarket check-out stands.

Soupy: (Americanization of the Italian Soppressata) A small, hot salami that is dry cured and preserved under oil or lard.

Speck: An Italian ham from the Tyrol Region- air dried for several months

Walnut Sausage-Salsiccia alle Noce: A dry cured sausage found in a small region in Calabria, Italy influenced by the Turks

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!

Typically, not sausages, the following recipes are often included with a collection of sausage recipes. Brine-cured products, sometimes referred to as pickle curing, are cured by soaking meats in a "pickle" (a solution composed of salt and curing salts) which often contain sugar, spices and flavorings. The cuts of meat are submerged in in the pickle until the curing agents penetrate the product. Depending upon the particular product, the pickled meat may be either smoked, baked, boiled, broiled or dried and eaten uncooked.

All recipes are Copyright with all rights reserved.
One copy may be downloaded for personal use only!


2 HISTORY AND FOOD

A unique cultural history has helped to make Lebanese food the most popular of all Middle Eastern cuisines. For most of its past, Lebanon has been ruled by foreign powers that have influenced the types of food the Lebanese ate. From 1516 to 1918, the Ottoman Turks controlled Lebanon and introduced a variety of foods that have become staples in the Lebanese diet, including olive oil, fresh bread, baklava (a sweet pastry dessert), laban (homemade yogurt), stuffed vegetables, and a variety of nuts. The Ottomans also increased the popularity of lamb.

After the Ottomans were defeated in World War I (1914�), France took control of Lebanon until 1946, when the country won its independence. During this time, the French introduced some of their most widely eaten foods, particularly treats such

The Lebanese themselves have also helped to bring foods of other cultures into their diet. Ancient tribes journeyed throughout the Middle East, carrying with them food that would not spoil easily, such as rice and dates. These foods slowly became part of the Lebanese diet. As the tribes wandered, they discovered new seasonings, fruits, and vegetables that they could add to their everyday meals. Exotic ingredients from the Far East (east and southeast Asia) and other areas of the world were often discovered by these early tribes.

Lebanese Rice Pudding

Ingredientes

  • 1 litro de leite integral
  • ¾ cup rice
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 to 3 Tablespoons vanilla
  • Spoonful of orange marmalade (optional)

Procedimento

  1. Cook the rice according to package directions.
  2. When rice is cooked, add the sugar and milk and mix well.
  3. Continue cooking over medium heat for 3 to 4 more minutes.
  4. Remove the pot from the stove. Add 2 to 3 Tablespoons of vanilla and mix well.
  5. Serve topped with a spoonful of orange marmalade.

Pita Bread

Ingredientes

  • 2 teaspoons dry yeast
  • 1 xícara de água quente
  • 3 xícaras de farinha
  • 1 colher de chá de sal

Procedimento

  1. Dissolve the yeast in 1 cup of warm water.
  2. Sift together the flour and salt.
  3. Combine the yeast and water with the flour and salt and mix well.
  4. Work the mixture into a dough and knead for several minutes.
  5. Cover the dough with a damp cloth and let rise in a warm place for 3 hours.
  6. Preheat oven to 350ଏ.
  7. Divide the dough into 6 equal portions and roll into balls.
  8. Using a hand or a rolling pin, pat and press each ball of dough into a 5-inch circle about ½-inch thick.
  9. Place on an ungreased baking sheet and bake for 10 minutes, or until the pita are light golden brown.

Cucumber with Yogurt

Ingredientes

  • 1 pepino médio, descascado e cortado em cubos
  • 2 xícaras de iogurte natural
  • 2 or more cloves of garlic
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 Tablespoons fresh mint, finely chopped
  • A few sprigs fresh mint, for garnish

Procedimento

  1. Put the cucumber in a serving bowl.
  2. In a separate mixing bowl, beat the yogurt and garlic together and season to taste with salt and black pepper.
  3. Stir in the mint.
  4. Pour the mixture over the cucumber.
  5. Garnish with sprigs of fresh mint and serve with pita bread.

How to eat Cevapi

Don&rsquot even think about reaching for that bun!

Now that we have that out of the way.

In some areas cevapi are served over potato wedges or fries, but the most popular way to eat cevapi is as a street food.

To make the sausages easy to eat, sausages are served stuffed into local flatbread, called lepinja, and garnished with sliced onions and a sweet red pepper sauce, called ajvar, or sour cream.

These sausages pack so much flavor we could eat them all on their own!

But, pairing them with a chewy flatbread, a light smear of sauce, and the bite of raw onion takes them from tasty sausages to an incredible meal.

If you make these for your next summer cookout, be careful, your guests might never leave!


Bok Choy

Bok Choy (and its youthful friend, baby Bok Choy) has distinct leaves growing from a central stalk. It looks a fair amount like Swiss chard but with pale green stalks and leaves. It has a mild but bright ​cabbage-y flavor. Bok Choy is most often used in stir-frys, but braising also brings out its sweet flavor. Baby bok choy can be cooked whole if you like, but all bok choy is perhaps at its best when the leaves are separated and cooked loose.


Warm Weather Dinner Recipe

This flavour-packed healthy salad is perfect for serving bright and colourful food as we step into spring.

South African peaches taste so good with grilled halloumi – try the combination as a topping for toasted sourdough, with a few rocket leaves and a splash of balsamic vinegar.

To make this recipe a bit different, try using walnut oil in the dressing instead of olive oil.

Prep time: 15 minutes
Cooking time: 20 minutes

75g red, black and white quinoa (or just use one colour)
​1tsp vegetable stock powder
2 South African peaches or nectarines, pitted and sliced
50g spinach and watercress salad
20g whole almonds, toasted
​120g halloumi cheese, sliced
40g pomegranate seeds

2tbsp olive oil
​1tbsp lemon juice
​1tsp Dijon mustard
​1tsp clear honey
Sal e pimenta-do-reino moída na hora

Rinse the quinoa in a sieve, then cook it in simmering water with the stock powder for 15 minutes, until tender. Drain well and cool for a few minutes.

Combine the warm quinoa with the South African peaches or nectarines and the spinach and watercress. Share between 4 plates and scatter the almonds on top.

Heat a large non-stick frying pan and dry-fry the slices of Halloumi for 1-2 minutes on each side, until golden brown. Share them between the salads.

To make the dressing, put the olive oil, lemon juice, mustard and honey into a small saucepan and warm over a low heat, whisking together to combine. Season with a little salt and pepper, then drizzle the dressing over the salads. Serve, sprinkled with pomegranate seeds.


3. Lotus Root

Alternate Names: Ngau, bhe, renkon

Características: The lotus root looks like a chain of giant pods connected to one another. Crunchy, with a tinge of sweetness, the vegetable can be prepared in a variety of ways—fried, sautéed, steamed, boiled—without losing its firmness, making it an ideal snappy texture for dishes such as salads. Although used throughout Asia, the lotus root is closely associated with Chinese cuisine. It is also prized for its unique interior pattern of holes, which add a decorative aspect to a dish.


Assista o vídeo: Poluição mineira na África do Sul


Comentários:

  1. Samumi

    Acontece. Podemos nos comunicar sobre este tema. Aqui ou no PM.

  2. Bliss

    Tudo não tão simplesmente, como parece

  3. Donny

    Encontrou casualmente hoje este fórum e foi registrado para participar da discussão desta questão.

  4. Gahiji

    Você está obviamente errado

  5. Constantine Dwyne

    I am also concerned about this question.

  6. Markel

    Na minha opinião, você está enganado. Vamos discutir isso. Escreva para mim em PM, vamos conversar.



Escreve uma mensagem